BLOG

Acompanhe os Artigos de JR.Cristofani

Sexta, 05 Fevereiro 2016 05:28

Daniel no Palácio da Alvorada

Escrito por

daniel palacio alvorada

Resolveu Daniel firmemente não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia. (Daniel 1.8)

Suspeito que essa recusa de Daniel em não se contaminar vá muito além de interditos de pureza ritual. Proponho que essa firme decisão de Daniel seja uma recusa de não participar dos banquetes decisórios, quando, embriagados pelo poder e pelo vinho, os conselheiros e sábios recomendam ao rei que decrete e pratique injustiças, perverta o direito, mate inocentes etc.

Vale lembrar o fato de que Belsazar banqueteia-se com os utensílios que foram pilhados do templo dos cativos (Daniel 5.2,23). Em torno da sua mesa estão os seus ministros de estado, conselheiros, sábios, concubinas e demais frequentadores do palácio. E, diga-se de forma clara, que é nesses jantares que eles tramam e deliberam contra a vida de Daniel e seus amigos.

Penso que, mesmo Daniel frequentando a escola de diplomatas do reino, nem de longe ele quer dar a entender ao rei que fará tudo quanto o soberano ordenar. Não, de jeito nenhum! Há um limite estabelecido e bastante claro, sinalizado pela recusa de Daniel, de que ele não manterá "comunhão de mesa" com pessoas ardilosas, nem agirá como as tais.

Por isso, no meu entender, a intransigente recusa de Daniel em não se contaminar deve ser aquilatada para muito além da questão da pureza ritual, ainda que este seja o primeiro sentido manifesto no texto. A julgar pelo restante do livro, podemos sustentar a ideia de que Daniel não irá partilhar dos conchavos e armações que se desenrolam nos banquetes e jantares palacianos.

 

Segunda, 14 Setembro 2015 11:02

Orientação Espiritual: Eugene Peterson

Escrito por

orientacao espiritual

Resumo

Peterson nos conduz à compreensão do que ele denomina de “Orientação Espiritual”. Esclarece-nos sua natureza, seus elementos, sua ocasião entre outros aspectos que caracterizam a “Orientação Espiritual”.

No contexto atual há duas formas de ver o mundo: o grande, o destaque, o evidente; e o pequeno, o comum e oculto. Ao estabelecer essa diferenciação, Eugene mostra que a segunda forma de ver a realidade é a mais adequada à “Orientação Espiritual”.

Quarta, 09 Setembro 2015 09:23

Predestinação - Novo e-Book

Escrito por

Predestinação: Predestinados para sermos à imagem de Cristo

predestinacao

Este trabalho sobre Predestinação eu escrevi como exigência para a conclusão do meu curso de Teologia no SPS - Seminário Presbiteriano do Sul da IPB em 1986. Já faz tempo!

Por isso, conservei a grafia, a metodologia da época para registro histórico, pelo que você leitor e leitora devem me perdoar, também aos erros aqui e acolá, que porventura ainda persistem.

Abordei o tema da Predestinação sob o ponto de vista histórico, teológico e exegético. Como todo “calouro” conclui o trabalho propondo um “acréscimo” à Confissão de Fé de Westminster. Mas não se assuste, apenas o acréscimo do texto bíblico que eu tratei aqui.

Portanto, este e-book é a recuperação de um texto, que reflete um tempo e um modo, já passados, de eu fazer teologia.

Desejo uma boa leitura.

----------------------------------------

Click aqui para fazer download

video

Num livro que não aparece o nome de Deus, encontramos uma nota sobre sua pessoa. Cântico dos Cânticos 8.6c traz uma abreviação do nome de Deus ligado ao amor:

"... as suas brasas são brasas de fogo,
são veementes labaredas de Adonai."

 

Veja também:

Como uma única letra muda o significado de um livro!

É paixão, não ciúmes! Cântico dos Cânticos 8.6b

 

video

Cântico dos Cânticos 8.6b deve ser traduzido por "paixão" e não "ciúmes" como fazem algumas bíblias.
Isso por causa do paralelismo sinonímico da frase anterior:

porque o amor é forte como a morte,
e resistente como a sepultura a paixão.

 

Veja também:

Sobre como "Salomão" trata as mulheres
Amor e Paixão são labaredas do Senhor

 

Homilia Cantico dos Canticos 8.6 7 Pastor Cristofani

O Cântico dos Cânticos não é DE Salomão, nem PARA Salomão, mas SOBRE Salomão. Isto é, o Cantar dos Cantares é uma veemente crítica ao modo como “Salomão” trata o amor, as mulheres e como ele interfere numa relação a dois.

 

Veja também:

É paixão, não ciúmes! Cântico dos Cânticos 8.6b

Amor e Paixão são labaredas do Senhor

Busca

E-book para Presbíteros

capa nova 250

Apenas R$ 9,90 - Compre aqui!


O autor apresenta uma abordagem nova e esclarecedora sobre a importância da liderança responsável e consciente do presbítero numa sociedade carente e pobre de valores. Leitura indispensável para presbíteros e pastores.

Leia um preview do livro: Exercendo o presbiterato por meio de relacionamentos

Categorias