Segunda, 28 Novembro 2016 06:25

Joaquim – Javé estabeleceu

Escrito por

Cristofani batismo joaquim

Joaquim – Javé estabeleceu

batizado de Joaquim de Paula Melo em 27/11/2016

Ao olhar para esta criança todos os bons sentimentos de inocência e pureza brotam dos corações daqueles que amam a Deus, porque o Altíssimo nos presenteou com a dádiva da vida e nos fez saber que sua força reside no louvor das crianças de peito.

E, comparado a outros olhares que se dirigem a este infante, os nossos são cheios de amor e ternura, plenos de satisfação e alegria. Pois, como povo do Senhor, vemos além do que se nos a perceber de imediato, de que aqui está bem mais que um menino.

Compartilhe

cristofani hermeneutica libertadora

 

Este texto eu escrevi por ocasião da comemoração do Dia da Reforma Protestante para ressaltar um dos cânones fundantes de nossa tradição reformada, evocado na expressão “Sola Scriptura”, que tem como princípio o assim chamado “livre exame” das Escrituras.

Esse princípio permitiu ao povo de Deus retomar a sua herança: a Bíblia e, com ela nas mãos e no coração, ser, novamente, o seu mais legítimo intérprete.

Baixe o e-book aqui.

Compartilhe

sagrada familia

A idealização ou sacralização da Sagrada Família tornou-se um obstáculo à normalidade da nossa família, o mais das vezes.

Jesus, Maria e José formavam uma típica família palestinense de sua época, não diferindo em nada de outras famílias, exceto pelo fato do filho ter uma missão especial. E foi justamente essa vocação de Jesus que determinou, retroativamente, um olhar idealizante ou sacralizador sobre sua família que passou, com isso, de comum para sagrada e transformou-se de humana em divinizada.

Compartilhe

ha quem prefira os porcos no que nao

Outro dia, escrevi sobre esse mesmo texto de Marcos afirmando que os cidadãos de Gerasa (Gadara?) preferiam os porcos a Jesus. Quero retomar a mesma narrativa Marcana, pois nela há outra perspectiva que gostaria de partilhar com você.

A ocupação romana em toda a região pela qual Jesus passava era uma realidade incontestável. Essa presença se dava, massivamente, pelas tropas de soldados romanos. Esse poderoso exército tinha uma divisão básica que contava entre mil a seis mil integrantes, chamada Legião.

Quando Jesus pergunta ao espírito imundo qual é o seu nome, prontamente ouve: “Legião é meu nome, porque somos muitos.” (Marcos 5.9).

Compartilhe
Domingo, 04 Setembro 2016 16:36

Há quem prefira os porcos – Marcos 5.1-20

Escrito por

ha quem prefira os porcos

 

Impossível não concluir que boa parcela da população de Gerasa (ou Gadara?) prefere os porcos à presença de Jesus entre eles. Pois os suínos suicidas, possuídos pela legião de espíritos imundos, se precipitaram despenhadeiro abaixo morrendo todos afogado.

Prejuízo certo para uma economia de base suína. Negócios foram destruídos. O capital investido foi, literalmente, por água abaixo. O responsável pelo colapso na produção de carne e banha de porco? Jesus! Certamente o Nazareno é o culpado pelo prejuízo imputado aos suinocultores.

Compartilhe
Quarta, 13 Julho 2016 17:09

Estudos em Daniel (5 horas de vídeo)

Escrito por

estudos livro daniel

Esses estudos, que ministrei na IPR do Rio Pequeno, são exposições dos textos de Daniel com aplicações práticas para nosso dia a dia.

 

 

Compartilhe
As Parábolas de Jesus
RECEBA ESTE E-BOOK GRÁTIS


Digite o seu nome e o seu email abaixo para receber este incrível e-book sobre as Parábolas de Jesus.